Família Montalvao

Família Montalvao

sexta-feira, junho 16, 2017

Leitor do Blog desabafa contra mau atendimento na Caixa Econômica em Jeremoabo

Nenhum texto alternativo automático disponível.


O leitor Vitor Burgos de Sales desabafa aqui no Blog, toda sua insatisfação com o mau atendimento em que ele foi vítima na Caixa Econômica Federal Agência em Jeremoabo.
 “Venho por meio desta manifestar o meu descontentamento frente o mau atendimento que recebi na Caixa Econômica Federal, na agência situada na cidade de Jeremoabo -Bahia. Farei um resumo dos fatos: Estive na agência, na qual sou correntista com o intento de tratar de assuntos ligados a Empresa Rede Checkok Distribuidora Serasa..
Entretanto, mesmo notando a má vontade por parte  da gerente Jurídica Gleice, que vem prejudicando a vida financeira deste empresário proprietário da empresa acima mencionada, procurei dialogar civilizadamente com àquela gerência, e em conversa recente a mesma sugeriu que se não estivesse contente com o tratamento do Banco, que se estivesse incomodado, se desligasse daquele estabelecimento bancário e procurasse outra instituição financeira.
Aliás, já venho sofrendo atendimento abusivo por parte de ambos os gerentes Gleice e Jarbas, que já a algum tempo vem prejudicando a saúde financeira da nossa empresa.
As instituições financeiras como bancos e principalmente Caixa Econômica Federal, onde seus funcionários são  servidores públicos, deveriam causar bem estar e facilitar a vida de seus clientes e não prejudicá-los propositalmente.
A organização rígida por esses gerentes, parece ser da era do coronelismo, onde de quem eu gosto, tudo  pode, quem eu não gosto, se exploda.
Atitudes dessa forma estão indo na contramão dos princípios oriundos da alta administração da Caixa Econômica Federal, que ao invés de ajudar, atrapalha o comercio, os empresários e o desenvolvimento da cidade de Jeremoabo. 
. Pode haver uma coisa dessas? Um correntista de um banco ser atendido dessa maneira? Se os diletos funcionários da CEF – Jeremoabo lidam desse modo com pessoas que sabem dos seus direitos e possuem instrução, imagine o atendimento que eles devem dispender aos que não possuem informação, aqueles que vão sacar benefícios, as pessoas da periferia e do interior? O funcionalismo público deveria combinar com a presteza, a cordialidade e o bom atendimento. Gostaria de ver o meu desabafo publicado para que a situação não se torne a repetir, uma vez que cliente merece ser bem atendido!  "  

Nota da redação deste Blog -  Que a CEF possui funcionários excelentes e preparados isso é um fato, mas, há que se levar em conta as exceções e os fatos atípicos. O funcionário de qualquer banco tem que está preparado para administrar com elegância situações assim.
É absurdamente ruim a qualidade do atendimento na agência da Caixa Econômica em Jeremoabo, onde o cliente continua enfrentando filas intermináveis e sendo submetido a humilhação e constrangimento.
Ação por danos morais
Os aborrecimentos extrapolam limites jurídicos. “Quando comprovado que houve constrangimento ilegal ou aborrecimento em excesso pela falta de informação, pode caber ação por danos morais”, explica a advogada especializada em Defesa do Consumidor, Heloísa Mascarenhas.
O consumidor pode contatar o Procon , ou pelo telefone 151 (apenas para denúncias). A Defensoria Pública pode ser acessada para ações."