Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, junho 24, 2017

Não queiram tapar o sol com a peneira, ou então justificar o injustificável








Estou a cavalheiro para criticar porque quem mais defende a Guarda Municipal em Jeremoabo é este BLOG, são mais de quatro anos ininterruptos.

O Guarda Municipal simboliza a segurança pública nos municípios. Sua função é de extrema importância para zelar pelo bem dos cidadãos e a segurança patrimonial, ao executar policiamento administrativo ostensivo.

A vigilância do guarda municipal pode ser realizada nas escolas, hospitais, prédios e prédios públicos municipais (Prefeitura, Câmara dos Vereadores).


Ser um agente da GM é ter tarefa nobre, que já se tem espaço reservado pela nossa Carta Magna. Guarda Municipal não tem Poder de Polícia, muito embora eu até gostaria que tivesse. Assim ajudariam, como fazem, na nossa ação policial, por meio da ação ostensiva que a farda lhe proporciona. Quanto mais agentes na mesma causa, melhor. (http://abordagempolicial.com/2009/04/a-guarda-municipal-nao-tem-poder-de-policia/).

Qual a segurança que uma população, mais principalmente um multidão terá numa escuridão dessa?







Para quem não sabe, esse é o Casamento do Matuto" da cidade de Jeremoabo, que nesse ano acharam bom bem mudarem o horário. 

Estas fotos foram geradas às 19:00 horas no Bairro São José  sentido ao Posto Rodrigão.
Por falar em Bairro São José, esse é o Bairro do abandono, onde os gestores nada fazem, está entregues as baratas.
Aproveito também para informar, que o papel da Guarda não é prestar atendimento ambulatorial, isso se chama desvio de função.
Como o Hospital de Jeremoabo está na UTI, daqui a alguns dias irão colocar a guarda Municipal para efetuar partos também.
Ainda bem que mesmo pelo caminho torto, a Guarda municipal está "suprindo" a deficiência da saúde em Jeremoabo.
Quem não tem cachorro, caça com gato.
Até antes da ex-prefeita RÉ, em toda festa junina o Posto Médico de Jeremoabo ficava de sobreaviso, de plantão, depois dela e do "interino", foi preciso a GM mesmo a título precário assumi esse papel, para a população não ficar ainda mais na pior.

Devolvam a paz do meu São João

A imagem pode conter: texto

Um cidadão jeremoabense, residente na região da Praça do Forró, enviou umas fotos postada logo abaixo, informando que  após o encerramento das festas, a falta de segurança tornou-se um caso sério, inicia-se a segunda etapa negra, a fase da violência.

Diz ainda o cidadão revoltado, que devido a falta de segurança as brigas com lesões são praticadas devido ao uso de arma branca(faca) e garrafas.

É isso caro leitor, a violência tem início com a corrupção com super-faturamento em bandas, pois toda ação provoca uma reação.







Nenhum texto alternativo automático disponível.






Jornal do Commercio e NE10 compartilharam um link.
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Após negar pedido de emergência, juíza deixará homem sem energia elétrica até setembro
Foto: Divulgação / Coelba

Opinião - Um ladrão atingindo o limite da covardia

Cabral convocou Dom Orani como testemunha de defesa

MP investiga venda de palestras de Deltan Dallagnol

Site oferecia conferência de procurador por R$ 40 mil





Moro sentenciará Lula a 22 anos de prisão, diz revista

Matéria da revista IstoÉ narra detalhes sobre a eventual sentença

Festas juninas: 74 cidades levarão R$ 5,5 milhões em apoio da Bahiatursa

 
Por Redação BNews
A Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia (Bahiatursa) divulgou, nesta quarta-feira (21), a lista de cidades contempladas com recursos do governo estadual para realização dos festejos juninos. No total, são R$ 5,5 milhões injetados nos municípios.
Confira a relação dos contemplados pelo edital de seleção pública:
MunicípioValor
ALAGOINHAS R$                   100.000,00
AMARGOSA R$                   100.000,00
ANDORINHA R$                     80.000,00
ARAMARI R$                     80.000,00
BANZAÊ R$                     50.000,00
BARRA DA ESTIVA R$                     30.000,00
BARRA DO MENDES R$                     30.000,00
BARRO PRETO R$                      100.00,00 
BOM JESUS DA LAPA R$                     80.000,00
BOTUPORàR$                     80.000,00
BRUMADO R$                     80.000,00
CACULÉ R$                   100.000,00
CAETITÉ R$                     80.000,00
CANDIBA R$                     80.000,00
CÂNDIDO SALES R$                     30.000,00
CAMPO ALEGRE DE LURDES R$                     80.000,00
CÍCERO DANTAS R$                   100.000,00
CONDEÚBA R$                   100.000,00
CONTENDAS DO SINCORÁ R$                     50.000,00
CORDEIROS R$                     80.000,00
CORIBE R$                   100.000,00
CRUZ DAS ALMAS R$                   100.000,00
DIAS DÁVILA R$                     80.000,00
DOM BASÍLIO R$                     50.000,00
DOM MACEDO COSTA R$                   100.000,00
ÉRICO CARDOSO R$                     80.000,00
GANDÚ R$                     30.000,00
GUAJERU R$                     50.000,00
HELIÓPOLIS R$                     80.000,00
IAÇU R$                   100.000,00
IBIPITANGA R$                     80.000,00
IBIRAPUàR$                     80.000,00
IPIAÚ R$                   100.000,00
IRAJUBA R$                     30.000,00
IRECÊ R$                   100.000,00
ITABERABA R$                   100.000,00
ITAJIBÁ R$                   100.000,00
ITIRUÇU R$                   100.000,00
ITATIM R$                     30.000,00
ITIÚBA R$                   100.000,00
ITUAÇU R$                     30.000,00
JACOBINA R$                   100.000,00
JAGUAQUARA R$                   100.000,00
JEREMOABO R$                     50.000,00
LAFAIETE COUTINHO R$                     50.000,00
LAURO DE FREITAS R$                   100.000,00
MAIRI R$                     50.000,00
MARACÁS R$                   100.000,00
MIGUEL CALMON R$                   100.000,00
MILAGRES R$                     30.000,00
MUTUÍPE R$                     50.000,00
NOVA VIÇOSA R$                     80.000,00
PARIPIRANGA R$                   100.000,00
PAULO AFONSO R$                   100.000,00
PLANALTINO R$                     20.000,00
PLANALTO R$                     50.000,00
PRADO R$                     50.000,00
PRESIDENTE JANIO QUADROS R$                     50.000,00
QUEIMADAS R$                   100.000,00
QUIJINGUE R$                     30.000,00
RETIROLÂNDIA R$                   100.000,00
RIACHÃO DAS NEVES R$                   100.000,00
RIBEIRA DO POMBAL R$                     80.000,00
SANTA BRÍGIDA R$                   100.000,00
SANTANA R$                     50.000,00
SANTO ANTONIO DE JESUS R$                   100.000,00
SANTO ESTÉVÃO R$                   100.000,00
SÃO DESIDÉRIO R$                   100.000,00
SÃO FELIX DO CORIBE R$                     50.000,00
SOUTO SOARES R$                   100.000,00
TANQUINHO R$                   100.000,00
TAPIRAMUTÁ R$                     30.000,00
UBAÍRA R$                   100.000,00
VITÓRIA DA CONQUISTA R$                   100.000,00

Aprovação de Temer cai para 7%, a menor marca em 28 anos, diz Datafolha

Resultado de imagem para temer charges
Charge do Nani (nanihumor.com)
Deu em O Globo






Estatizar é preciso, seguindo o exemplo de Paris, Berlim e outras 265 cidades

Resultado de imagem para cedae
No Rio, a lucrativa Cedae vai ser privatizada
Júlia Dias CarneiroBBC Brasil




Presidente da Eletrobras que denunciou “safados” merece demissão ou promoção

Resultado de imagem para wilson ferreira junior eletrobras
Ferreira Jr. é o homem certo no lugar errado
Carlos Newton






Brasil perdeu o sentido de disciplina social, afirma o comandante do Exército

Gilmar entrega ao general o título honorífico
João Amaury Belém






Acusado de agressão pela mulher, ministro do TSE devia renunciar ao cargo

Admar foi denunciado na delegacia por Élida
Deu na Agência Brasil






Era da Canalhice está ferida de morte e o Brasil vai emergir da escuridão

Resultado de imagem para lava jato charges
Charge do Duke (dukechargista.com.br)
Augusto NunesVeja








Governo quer parcelar saque doFGTS para demitido

O governo de Michel Temer estuda liberar
o seguro-desemprego só no quarto mês após a demissão; sindicatos criticaram